“Os Homens que Não Amavam as Mulheres” – Millenium 1

Há um tempo ouvi falar de uma trilogia que ainda não havia sido lançada no Brasil, mas que estava fazendo sucesso lá fora. The Girl with the Dragon Tattoo era o nome do primeiro livro da trilogia Millenium de Stieg Larsson, que cogitei comprar em inglês mesmo, mas acabei desistindo. Ia esperar sair a versão traduzida e acabei esquecendo. Depois de um tempo comprei o livro em português cujo título é Os Homens que Não Amavam as Mulheres (uma tradução mais próxima do nome original em sueco). Descobri um dos melhores romances policiais que já li.

Pelas minhas contas gosto de romance policial desde sempre. Meu primeiro livro da Agatha Christie foi “O Misterioso Caso de Styles”. Não sei bem porque comprei, mas aquele foi o primeiro de muitos livros que comprei e ganhei dela. Depois li vários do Sir Arthur Conan Doyle, autor do Sherlock Holmes, mas não era a mesma coisa. Até o Jô tentou, mas não conseguiu. Bom mesmo era Agatha Christie, mas não servia qualquer Agatha Christie não, só servia os com o Hercule Poirot.

Os romances da Agatha Christie só tinham um problema: se passavam antigamente. Sentia falta de uma história boa que acontecesse atualmente e encontrei no “Os Homens que Não Amavam as Mulheres” (o nome é tão grande e esquisito que prefiro chamar de Millenium 1). O livro conta a história de um jornalista que terá que desvendar a história do desaparecimento de uma garota que ocorreu há 40 anos, mas o melhor do livro não é, nem de longe, o jornalista. As melhores partes são as que falam de Lisbeth Salander (a garota com a tatuagem de dragão, diga-se de passagem), a hacker do livro, uma pessoa completamente perturbada, mas exposta por Larsson de um jeito tão bem feito que rola até uma afeição pela personagem.

O livro tem duas partes pesadas. Uma delas BEM pesada, de embrulhar o estômago, do tipo de coisa que eu não gosto no cinema e descobri não gostar nem em livro, mas, por incrível que pareça, me prendeu mais ainda. Só consegui dormir depois de passar por essa parte.

Os Homens que Não Amavam as MulheresCapa do livro, editado no Brasil pela Companhia das Letras. A arte da capa é bem legal, tem até um alto-relevo…

Só li o primeiro, mas pelo que vi os três livros contam com os dois personagens, o jornalista – Mikael Blomkvist – e a Lisbeth, resolvendo casos diferentes. Ia rolar um quarto livro, mas o Stieg Larsson morreu antes de terminar. Aliás ele nem chegou a ver o sucesso dos livros dele. Li alguma coisa sobre ele, parece que era ativista contra o racismo e nazismo e também foi editor de revista.

Fui procurar saber quando saía o filme. Já saiu (acho que não veio pro Brasil) e vou tentar assistir, mas vi os personagens e me decepcionei um pouco. Mais ou menos o que aconteceu com o Assassinato no Expresso do Oriente, da Agatha Christie.

O trailer com legenda em português de Portugal:

Leia também sobre o segundo livro da série, “A menina que Brincava com Fogo“, e o terceiro, “A Rainha do Castelo de Ar”.


Não quer perder o próximo post? Cadastre seu e-mail e você receberá um aviso sempre que sair coisa nova :)

Comentários

  • Camila

    Felipe!! Interessante mesmo, viu? Eu aaaaaamo ler livros, mas nunca cheguei a ler algum da Agatha Christie, infelizmente! Eu me lembro uma vez em que vc disse que era muito bom… faz um bom tempo! rsrs Meu pai adora! Fiquei com vontade de ler este livro!! :)

  • http://tailinehijaz.wordpress.com Tailine

    Cara, li este livro e amei. Primeiro que adoro romances policiais e este é um policial de 1ª! Sempre fui fã de Agatha Christie – o 1º que li foi “O Caso dos Dez Negrinhos”- e Sir. Arthuir Conan Doyle (por causa de Sherlock Holmes) e este livro é perfeito mesmo… Em segundo lugar, me apaixonei pelos personagens, pela trama e pelo desfecho do mistério. 😀
    .
    Quero ler os outros dois livros da série, mas já me avisaram que o 2º, pelo menos, não é tão bom quanto este.

    Bom post, o seu!

    • Elia

      Oi Tailine!
      O livro é realmente excelente. Escrevi sobre os outros dois, os links estão no final do post.
      Gostei muito do seu blog hein, parabéns!
      Abs

  • Rodrigo

    Livro policial nunca foi o meu preferido, talvez por isso não tenha achado isso tudo o que as pessoas falam. Mas independente disto, achei que o autor deu muita volta, enrola muito. A história só começa a ficar atraente em meados da página 380, mas pra quem gosta deste tipo de leitura talvez seja uma boa.

  • Thiago Silva

    Aloha,
    Os livros são muito bons, o que mais de impressiona no livro é a facilidade que o autor tem em incluir, ou aumentar a trama sem se perder no conteúdo, ele te enche de detalhes interessantes e cabe a você identificar a relevancia daquele comentárioa a história de um modo geral. Tive a oportunidade de ler os outros livros e realmente lamento a morte do autor… faz tempo que não leio uma história tão intrigante quanto esta.

    Estou louco para ver o filme e checar se Píppi Meia-longa e Super-Blomkvist serão representados a altura que são apresentados no livro.

    Parabéns pelo post!

  • http://arlequinay.blogspot.com/ Nayara Viana

    Oi…nossa eu li o livro assim que lançou *__* sinceramente….quando li seu texto ..juro..foi como eu escrevendo…tenho as mesmas opinioes e tbm faria os mesmos comentarios. tenso
    olha… queria q vc me repsondesse se posso usar seu post. Iria edita-lo claro e citar a referencia….mas n gosto de sair copianndo as informaçoes alheias sem tornaar os autores cientes…;) aguardo sua resposta….^^
    Nay V.AS

  • Neide Cardoso

    Meu Deus, esse livro é fantastico.
    Adorei os teus comentarios.

    ah e se puder me indicar livros como esse da Aghata Christie, ficarei muito grata!
    abraços!

  • http://coletadesonhos.blogspot.com/ Raphaela Ikeuchi

    A trilogia Millenium é realmente fantástica, eu super recomendo! Os filmes também são muito bons embora no terceiro eles tenham mudado bastante coisa na história. Além da versão sueca dos filmes, que já é ótima, ainda terão as versões de Hollywood que espero que não sejam ruins.

    Quanto à morte de Stieg Larsson, há uma conspiração que diz que ele não morreu de causas naturais, pois ele mostrou os vários “podres” da Suécia então… Bem, apenas boatos.

    No mais, adorei o post. Se puder, visite o meu (e da minha amiga também hehe) blog. Por enquanto temos pouca coisa mas logo, logo adicionaremos mais conteúdo. ^^

  • Anônimo

    Gostei do primeiro filme mais confesso que esperava mais pois acho que a historia tem um ótimo inredo e acho que foi mal explorado pelos produtores do filme,também confesso que não li o livro ainda, mais pelo que me falaram e pelo que pude perceber do filme creio que sera uma ótima história,espero pelo menos que desenvolva melhor a historia do que o filme.
    uma pena essas historias terem ficado em poucos livros, pois acho que a millenium teria dado muito pano pra manga.

  • Anônimo

    Cadê as promo deste site, não tem???????