Soneto da desculpa esfarrapada

Desta vez escrevo um post em verso
Não para tomar o caminho inverso
Só queria voltar com algo diferente
Algo que fosse assim irreverente

Se o leitor me argue porque sou perverso
Porque sumi deste nosso universo
Digo: – De assunto estava carente
Não servia MJ nem gente doente

Mas voltei, com minha língua afiada
Escrevendo um soneto porcaria
Sem querer parecer poeta nem nada

Quem curte poesia desculpa a zombaria
Não quero que pensem que é palhaçada
Semana que vem tem tecnologia


Não quer perder o próximo post? Cadastre seu e-mail e você receberá um aviso sempre que sair coisa nova :)

Comentários

  • http://mudadeideia.com.br Israel Teixeira

    hahaaha.
    De mais!!