Você tem que aprender uma linguagem nova e não é Python, nem Ruby

Gerentês: quanto mais você souber melhor.

As pessoas tem ao redor de si uma bolha imaginária formada pelo jeito de falar, gestos característicos e gostos de cada uma delas. Para nos comunicarmos melhor com uma pessoa podemos usar técnicas de mimetismo onde nos expressamos do mesmo jeito que nosso interlocutor, usando as mesmas palavras, mesma intonação, mesma posição corporal e aos poucos vamos enviando sinais para, se necessário, mudar o comportamento do outro.

Lidar com pessoas completamente diferentes é desafio para todos os profissionais, mas se você conhecer “o jargão” dos profissionais de cada área o caminho fica menos pior e com certeza um caminho que você quer que seja limpo, largo e curto é a comunicação com o seu gerente. Outra certeza é a de que seu gerente fala um idioma um pouco diferente dos demais: o “gerentês”.

Dominar expressões como briefing, prospect, força tarefa e workaround é essencial para uma boa comunicação com seu gerente. Por outro lado usar linguagem técnica demais (nerdês) com quem não conhece não é um bom negócio: a pessoa fica confusa, por vezes fica envergonhada de não saber o que você está falando e a comunicação vai pro espaço.

Na próxima vez que for conversar com seu gerente pense nisso: Em Roma, como os romanos.


Não quer perder o próximo post? Cadastre seu e-mail e você receberá um aviso sempre que sair coisa nova :)

Comentários