Categorias
Comportamento

E a hipocrisia vos empregará

Seja um visionário você também. É só dizer que alguma coisa vai mudar drasticamente o mercado, que alguma tecnologia vem pra derrubar conceitos ou que depois de tal coisa nada vai ser como antes. Depois haja como o mestre do assunto, tuite com as hashtags certas, fale mal de alguém mais famoso que você e voi lá, sua fama está pronta. Você vai se passar por uma coisa que não é – inteligente, no caso – o que acaba sendo hipocrisia, mas se você vender a sua imagem direitinho até consegue um bom emprego. Vai ser difícil se sustentar nele, mas aí já é uma outra história.

Categorias
Internet

09/02/10 – Dia da Internet Segura

Você pode não saber mas hoje é o Dia da Internet Segura, uma campanha que começou na Europa e foi abraçada por outros países como o Brasil. A iniciativa rola desde 2003 e em 2009 já contava com 65 países incluindo o Brasil, que vai pra sua terceira participação.

Dia da Internet Segura - 2010Banner de divulgação da Campanha.
Categorias
Internet

Na internet nada se cria, tudo se copia – que pena

Voltei a tentar ler meus feeds no Google Reader. Invariavelmente vou direto numa tag de nome “Humor”, onde estão os blogs de tirinhas e de posts engraçados, só pra relaxar um pouco a minha mente,  mas uma coisa me espantou – sim, eu sei que sou garoto por ficar espantado com isso – vários posts repetidos em blogs diferentes. Não eram poucos não, minha gente, eram vários.

Categorias
Internet

O bom uso do e-mail

Viveríamos num mundo muito melhor se todo mundo se preocupasse mais em como os outros são afetados pelas suas atitudes. Coisas pequenas fazem muita diferença quando feitas diversas vezes, afinal nosso dia-a-dia é formado por pequenos gestos que, juntos, formam atos maiores.

Com a popularização da internet veio também o correio eletrônico. E é sobre cada e-mail, cada pequeno gesto de apertar o botão enviar, que falarei hoje. É importante percebermos que, por toda a maturidade do e-mail na internet, esta é uma das ferramentas que muitos usam profissionalmente, ou seja, estamos mexendo com a rotina de trabalho de algumas pessoas.

Analisando superficialmente reconhecemos que o e-mail é formado pelo endereço de quem envia, o assunto, os e-mails relacionados nos campos “para”, “cc”, “cco”, os anexos e o corpo da mensagem.

Por que ter um twitter?

Este post não é para os meus três fiéis leitores, é para os amigos dos meus fiéis leitores.

No mês de março o twitter cresceu 96,8% aqui no Brasil, segundo o IBOPE. Não era pra menos, afinal pra todo lugar que você olha tem alguma notícia sobre o assunto. É script pra ter mais seguidor causando polêmica aqui, o @marcelotas fazendo twitt pago lá, vírus e etc. Mas por que ter um twitter afinal de contas? Por que a gente tem esse negócio?

A gente precisa é de civilidade

Terça-feira é dia de postar, mas assunto nesse mundinho de crise e violência está cada vez mais difícil. Ia falar de BBB, de twitter, de artistas que morrem jovens, mas em nenhum dos casos eu achei a grande sacada do post.

Quando ia desistindo li uma coisa que me impulsionou a escrever. Não, esse post não vai ter uma grande sacada. Nem uma grande manchete (desculpem o trocadilho). Esse artigo é só pela minha vontade de escrever sobre uma coisa boa.

Por que ter medo do twitter se tornar um segundo orkut?

Um primeiro pensamento é aquele que a superpopulação do twitter traria ainda mais gente que responderia ao pé da letra o que está fazendo. Twitts como “estou bebendo um suco”, “estou pegando fulana” vão ser mais numerosos, mas pense bem. Você não precisa seguir quem faz isso, então por que ter medo?

Notícias pros leitores e a internet sem fio no Dona Marta

Faz algum tempo que quero escrever, mas acabo desistindo do tema pra manter uma certa linha de raciocínio no blog. Tenho, então, duas notícias pra vocês – uma boa e outra ruim:

  1. A boa é que, provavelmente, teremos mais posts daqui em diante;
  2. A ruim é que vou descer um pouco o meu critério do que postar ou não.

O governo do Estado instalou no Dona Marta (favela aqui do Rio de Janeiro) antenas que fornecerão, de graça, internet para os moradores.

Louvável alguns diriam e é até a impressão que a matéria do RJTV passa, mas [profeta mode=on] nem tudo serão flores [mode=off]. Eu sei que a primeira reação seria achar que eu simplesmente não gosto do pessoal que mora nas favelas, achar que eu sou um preconceituoso e etc. mas não é isso. O fato é que as coisas não se encaixam nesse caso.

Leia-se aqui um bom título para um Meme

Fui convidado pelo @lebravohttp://lebravo.blogspot.com a participar de um meme que além de integrar um pouco mais a comunidade blogueira (nossa, que frase tosca) dá a chance dos leitores conhecerem um pouco mais a vida do autor do blog.

As regras do meme são as seguintes:

  1. Linkar a pessoa que te indicou.
  2. Escrever as regras do meme em seu blog.
  3. Contar 6 coisas aleatórias sobre você.
  4. Indique mais 6 pessoas e coloque os links no final do post.
  5. Deixe a pessoa saber que você o indicou, deixando um comentário para ela.
  6. Deixe os indicados saberem quando você publicar seu post.

Enfim, agora que já cumpri as duas primeiras regras, irei dizer 6 coisas aleatórias sobre mim:

Elia no Twitter

Quando criei o blog tinha só uma vaga idéia do que eu queria e não exatamente em que ele se transformaria. Sabia só do que eu precisava: me livrar dos milhões de textos que inundavam minha mente. Coisas pequenas, desconexas, mas que me sufocavam. Queria que o mundo soubesse o que eu estava pensando, era isso.

Criei o blog, fugindo um pouco da idéia inicial onde mais gente publicaria comigo, e veio uma onda de posts. Falei sobre muita coisa mas depois amadureci meu filtro e aí… Já não me sentia a vontade de postar qualquer coisa.

Fui ficando chato comigo mesmo, me censurando se devia falar sobre este ou aquele assunto no Melancia, se não devia manter mais o foco, mas por outro lado vinha aquela onda de frases que eu deveria falar em algum lugar…

INSCREVA-SE!

Quer receber novos posts por e-mail? Inscreva-se na newsletter!